Torta de Limão

Quando era adolescente amava cozinhar,  mas era um desastre ambulante,  literalmente! Com uma frequencia absurda deixava arroz queimar,  panela de pressão quase explodir com feijão cozendo, bolos ficarem menores de quando entraram no forno, cremes que eram para ser consistentes uma sopa e por aí vai, minha saga na cozinha na adolescência, rs. Com a fase adulta e tendo um marido pra alimentar a coisa mudou totalmente de figura e de desastre natural passei a excelente cozinheira, sério!

Só que ontem, quis fazer um “flash back” da minha adolescência e errar a mão de novo, rs. E eu mesma cai no erro que passei pra vocês, fui fazer a massa da torta e fui usar o adoçante suquinha, coisa que não uso,  por que prefiro o erytritol, mas comprei pra fazer umas experências,  usei o que estava escrito na receita. Deus meu!!! Que intragável!!! Coloquei a quantidade de adoçante para 3 receitas, para não jogar a massa fora, acrescentei os demais ingredientes, ainda bem que essa massa suporta de boa no freezer, foi aí que vi o erro que tinha cometido na postagem da torta de morango e corrigi no mesmo instante e deixei avisado na page, rs. Peço perdão a quem copiou a receita ou pior, fez e ficou horrível! Agora, está tudo corrigido, erytritol e suquinha tem níveis de doçura muito diferentes, rs

E, agora paro de escrever e deixo a receita dessa torta que meu filho tanto gosta…

 

014

INGREDIENTES

Massa:

200 gr de manteiga amolecida
1/4 xic de adoçante em pó eritritol ou suquinha 1 col de sobremesa rasa
1 ovo ligeiramente batido
2 col de sopa de leite de coco
1 col de chá de extrato de baunilha caseiro
2 xic de coco ralado fino
1 xic de coco ralado médio
(A massa dá para duas tortas de 15 cm)
Misture todos os ingredientes em uma tigela grande e vá misturando até toda a manteiga e coco ser incorporado.Leve a geladeira por 30 minutos.
Abra a massa sobre papel manteiga ou filme plástico e abra na espessura de 0,5 cm um rolo com uns 5 cm a mais do tamanho da forma de torta desmontável(15cm).
Leve ao forno previamente aquecido a 200ºC por 12 minutos.Deixe esfriar sobre uma grade.(o restante da massa,coloque em um saco identificado no freezer por 4 meses)

Creme de Limão:

3 gemas peneiradas

200 ml de Leite de coco

60 gr de manteiga sem sal

1 col de sopa de suco de limão

1/2 limão em raspas

1 col de  chá adoçante em pò(suquinha,eritritol)

1/2 col de chá de goma xantana(chia perderia a beleza do creme de limão, use CMC ou Agar-Agar)

Coloque em uma panela média o leite de coco, as gemas peneiradas, a manteiga, o limão, as raspas e o adoçante. Leve ao fogo baixo e vá mexendo com um fouet sem parar, até adquirir uma consistência grossa e firme. Tire do fogo e reserve, cubra com filme plástico para não criar uma película sobre o creme.

Merengue Italiano:

3 claras

50 ml de água

1/4 xic de erytritol ou açúcar cristal

1 col de sopa de suco de limão

Raspas de limão

Coloque a água e o erytritol(açúcar) no fogo para ferver e ao mesmo tempo bata as claras em neve, quando passado uns 2 minutos e a calda estiver fervendo, desligue, espere as borbulhas diminuirem e acrescente nas claras em neve, com a batedeira ainda ligada,  como um fio, coloque o suco de limão. Desligue quando a tigela da batedeira estiver fria. Coloque em um saco de confeiteiro com um bico pitanga aberta

 

Montagem:

Com a massa da torta fria, deite o creme de limão e espalhe, com o saco de confeiteiro faça estrelas sobre o creme ou da decoração que agradar. Cubra com as raspas de limão.Leve à geladeira por 2 horas.

 

P.s: Usar um maçarico culinário no merengue depois de decorado na torta fica lindo!!! Não usei, porque quando fui usar o gás do meu havia acabado 😦

P.s2: Merengue Italiano não dá pra fazer com suquinha, só erytritol…Se você tem problemas com açúcar, recomendo fazer um suspiro com adoçante suquinha batido no liquidificador(virar um pó) e claras bem firmes e suco de limão. Mas, não tem o mesmo brilho, e consistência, em sabor mudam nada.

 

 

Anúncios

Pão Fofo sem Glúten

Quando comecei a mudança na alimentação,pensei que sofreria muito com a ausência de pão, bem,  já disse isso no post do Pão da Maria (aqui), só que várias tentativas infrutiferas fizeram eu desistir de vez por um pão parecido aos feitos com farinha branca…mas, eu sou teimosa, na verdade, muito teimosa, e não podia acreditar que substições bacanas não poderiam fazer um pão pelo menos com o gosto daqueles de outrora, sei sei, a vida pregressa deve ser esquecida, rs…Daí vi um post do dr Jimmy Moore, falando dos pães Paleo “fajuta” feitos pela indústria americana, fiquei matutando com meus botões: Poxa! Querer algo gostoso que seja decente com ingredientes paleo não vai fazer mal a ninguém, principalmente se esse algo for para ser feito em ocasiões especiais…Minha vontade de encontrar uma receita de pão bacana, fofa e com cheiro de pão caseiro prosseguiu, fiz alguns testes de novo que não sairam como o esperado, eram feitas basicamente de farinhas de arroz, polvilho e fécula de batata, sem glúten, claro, mas cheias de carbo…Então, passeando pelos sites de comida low carb, encontro essa belezura de receita…fiz um bocadinho de alterações, mas o resultado final ficou show! Pra mim ficou,rs

Aquele pão com cheiro de pão feito em casa, mas com as minhas farinhas preferidas. Amei!

E agora vou compartilhar com vocês a receita.

Ahhh, não conseguiu fazer, trabalha demais, ou acha que não tem talento e mora na região da cidade de São Paulo, pede para nós que teremos o maior prazer em atender:

WP_20140825_004[1]

Pão Fofis sem Glúten

  • 1 1/4 xic de agua morna
  • 1 col de sopa de açúcar
  • 15 gramas de fermento biológico fresco(se você tiver levedo,use 150gr)
  • 1 xic de farinha de amêndoa
  • 2 xic de farinha de coco fina
  • 1/4 xic de polvilho azedo
  • 1 col de sopa de semente de chia(se vc não for paleonazi, use 1 col de chá de goma xantana)
  • 1 col de chá de sal
  • 1 col de sopa de açúcar(não se preocupe, os bichinhos do fermento vão consumir todo esse açúcar)
  • 1/2 xic de óleo de coco ou manteiga amolecida(minha preferida para pães)
  • 2 ovos grandes
  • 1 col de chá de vinagre de maça(não tem, use de vinho branco)

Misture as farinhas, goma(ou chia), sal, açúcar e reserve.

Amasse com uma colher o fermento no açúcar. Misture a água morna com a colher de açúcar e fermento ou levedura e deixe espumar

Em uma tigela grande, coloque a farinha reservada, faça um buraco e coloque os ovos e comece amassar, coloque a mistura do fermento e amasse bem com as mãos, coloque junto o vinagre e vá amassando a mistura, fica mole mesmo, e por último, depois de sovar ela por uns 5 minutos, acrescente a manteiga amolecida e a incorpore bem. Leve a massa para uma forma de pão média e deixe crescer em local calmo, seco, coberta por um guardanapo de tecido por 2 1/2 horas, 15 minutos antes pré-aqueça o forno a 180ºC. Leve para assar por 40 minutos ou até estar bem dourado. Aproveite.

WP_20140825_005[1]

Esse tá cheio de manteiga Roni…derreteu tudim!

 

 

 

Queijos Roni

Esse dias em um dos post do Grupo Paleo, alguém lembrou dos Queijos Roni, havia uma época que comprava creme de leite lá…manteiga não, por que eu era “gordurofobica” e só fazia chantilly em sobremesas de fim de ano…é, as coisas mudam,e voltando ao assunto, dr.Estevão foi comprar a tão falada manteiga Roni, e não me aguentei em mim e fui também, olha, não foi inveja, só um desejo imenso de comer daquilo que já esperava que fosse excelente, a manteiga Roni…o local no Mercado Central é pequeno e simples, comparado a outros boxes no Mercadão, mas esconde delícias, rs. Já pra não perder a viagem comprei um montão de manteiga, até pq também faz parte do meu projeto futuro, e não iria querer no meio da semana voltar lá :p

manteigaroni

Daí, perguntei como quem não queria nada, se eles ainda encomendavam creme de leite, e o funcionário informou que não e sabe porquê? Por que creme de leite fresco, sem nenhum aditivo, depois de pronto só dura 4 dias e isso era pouco tempo para trazer e vender, então teriam que colocar conservantes, e daí o produto perderia a qualidade de creme de leite fresco…fiquei mais feliz ainda de estar levando pra casa um montão daquela manteiga e pelo preço que é…e queijo de égua…e queijo minas padrão(meu marido surta!)

queijocavalo queijo minas

WP_20140823_015[1]

Então, se você mora na cidade de São Paulo e pode consumir manteiga, recomendo fortemente a visita ao Mercado Municipal na rua da Cantareira, e passar no box dos Queijos Roni e levar a manteiga e outros itens que eles tem, produto excelente e de ótimo preço. Ohhh o preço acho justo, uma peça de manteiga de 500gr custa R$11,00, aqui no meu bairro pago R$5,50 em 200gr… Olha so!

Rua da Cantareira, 306 box D2  F1/5

http://www.queijosroni.com.br/index.php/historia

Bolo de Carne

bolodecarne

Carne moída de segunda, dá pra brincar muito na cozinha, só a compre moída na hora e de um açougue que você conheça. Se existe algo que dá pra brincar na cozinha é carne moída, dá para fazer cozido com vegetais, hamburguer, almondegas, bolo de carne, escondidinho, suflê, rocambole, uffa!!! Use a sua imaginação e de inúmeras formas com inumeros temperos e divirta-se!

Bolo de carne
1 kg de carne moída de segunda
1 maço de espinafre picado(só use as folhas,mas não jogue fora os talos)
2 tomates italianos picados
1 cebola ralada
3 dentes de alho amassado
6 folhas de manjerição fresco picada
3 galhos de salsinha picada
pimenta do reino branca, jalapenã e sal a gosto
2 col sopa de farinha de linhaça
1 col de sopa de semente chia

Pré-aqueça o forno em 200ºC. Unte com manteiga, azeite ou banha uma forma para pão ou de buraco central.
Tempere com os ingredientes o espinafre e tomates e mexa bem,acrescente a carne moída e continue a incorporar os temperos e carne e vá acrescentando a semente de chia e farinha de linhaça, até tudo bem incorporado, deite na forma previamente untada. Leve ao forno coberta com papel aluminio por 30 minutos, retire o papel aluminio e deixe secar e dourar por mais 30 minutos. Desenforme e sirva.
#glutenfree #dairyfree #eggfree #paleo #dinner #health #lifestyle

Hoje é sexta-feira!!! E tem coxinha!!!

Chegando o final de semana,todos correndo pra sair e começar a aproveitar…humm,maravilha!!!
E tem virado um ritual,aqui em casa,toda a sexta-feira ter um prato mais liberal e sem encanação…tá de brincadeira! Pra que?
Essa receita aprendi há muito tempo com uma amiga queridíssima e linda,quem é do grupo Dieta Paleo vai encontrar.
Só fiz algumas alterações porque não sou tão paciente como ela e digo que ficou muito bom também,ficou muito parecida em sabor e textura,só ficou faltando a massinha,mas quem quer a massinha?Eu nao!!!

WP_20140822_003[1]

 

Receita
1 kg de peito de frango cozido e processado(uma pasta)
3 ovos
2 col sopa de manteiga
1/4 xic de parmesão ralado(pode substituir por muçarela ralada)
Recheio
Frango desfiado temperado
Queijo mussarela
Queijo Manteiga
Salame ralado
O que sua fome e dinheiro desejar
Empanar
2 ovos
1 xic de coco ralado fino
Banha para fritar(ever)
Misture todos os ingredientes da massa,incorporando bem.Leve para a geladeira por 30 minutos(eu não levei).
Faça o formato das coxinhas e recheie.Empane e as frite em banha quente até dourar,coloque para escorrer em papel absorvente.Sirva quente.
Bom final de semana pra voces,aproveitem a  folga com pessoas e sejam pessoas com elas.Desfrutem a vida com sabedoria e muita alegria.

A necessidade de prebióticos e probióticos na alimentação!

Eu acredito nos benefícios que os probioticos acrescentam à saude e não só os probioticos os prebioticos também! Mas faço uma alimentação de baixo carboidrato,então consumo prebioticos não digeriveis,como a banana verde,fécula de batata e fécula de mandioca(tudo sem aquecimento), você deve pensar que fica horrível,intragável…NÃO!!!
A fécula de batata que é o que mais uso,faço ela em forma de shakes com iogurte caseiro e frutas,fica simplesmente perfeito e sem gosto…só do iogurte e das frutas, outras vezes,misturo ao iogurte e acrescento frutas…
Não vou aqui dizer por que uso pre e probioticos que deixaria o texto longo e tem lá no Blog do dr.Souto,dê uma passadinha lá!Ahhh,se você for curioso,tem sites de médicos,blogs cheios sobre a saude intestinal.

http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/01/flora-intestinal-muito-alem-dos.html%20http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/02/flora-intestinal-2.html%20http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente.html%20http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente_2.htmlWP_20140821_001[1]